Follow by Email

segunda-feira, 14 de março de 2011

Inspirações do retiro zen


RIO

à noite não vejo o mar,
mas olho em sua direção.
ouço seu ruído
e não sinto medo.
sei que ele esta lá.

Sesshin

Ao som do mar e à luz do céu profundo, zen budistas meditam ouvindo cânticos devocionais cristãos. Penso que essa frase tão verde-amarela, com jeito de manchete, não cairia tão bem em nenhum outro lugar. Não seria, então, coincidência que o compartilhar entre os aparentemente diferentes mostrasse sua melhor expressão em terras tupiniquins... E nós estávamos lá, todos nós, e passeamos entre veranistas atônitos. E foi tanta luz, e foi tanto mar, que fomos um com a paisagem no silêncio de todos. Sim, fomos um, está claro. E somos aqui, e somos agora.


Marco Ramos

Trocando de lugar com a chuva

Sentado em Zazen e um ruído
forte de chuva invade a sala!
Como posso não estar molhado?
Se a chuva é que esta sentada no zafu
enquanto me divido em mil pedacinhos
que chovem lá fora...

Policarpo Uliana