Follow by Email

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Virtudes no Sutra do Amor



(continuação da palestra de Ven. Dhammadipa)
A próxima virtude parte daquele que ouve bem e é obediente, logo ele será mudu. Mudu significa maleável. Isto significa reto, obediente e flexível. Esta virtude é de extrema importância. De fato, quando alguém é reto e não é flexível, implica que tal pessoa é teimosa. Ser teimoso é o oposto de ser obediente. Porque alguém é teimoso? Por possuir a idéia de um “eu” e apegar-se a ela. É por isso que Buddha explicou a próxima virtude, que é anatimānī, que é quando alguém não possui mana, ou orgulho. De acordo com o ensinamento do abhidharma, o orgulho origina-se da ganância. Tanto o orgulho quanto a visão errada, são decorrentes da ganância. Logo, a partir da ganância uma pessoa torna-se teimosa, sendo incapaz de ser reta. Com isso, tudo aquilo que esta pessoa faz não está dotado de mérito para si ou para outros.

Se a pessoa está livre do orgulho, a próxima virtude encontrada é santutti, santutti é a virtude mais apreciada por aqueles que praticam meditação. Santutti significa “encontrar satisfação em tudo aquilo que se faz”. Com esta virtude, a pessoa estará realizada com tudo aquilo que realiza. Esta é uma virtude muito importante para quem medita. De acordo com o abhidharma-kosa, a prática da meditação apenas terá sucesso quando seu praticante tiver poucos desejos e satisfazer-se com pouco. Aquele que possui muitos desejos não está satisfeito, logo não pode obter sucesso na meditação. Isso está conectado com as virtudes já mencionadas. De fato, o não orgulhoso, aquele que não pensa ser esperto, tornar-se-á flexível e ao mesmo tempo reto. O segredo da auto-satisfação está exatamente aqui, na flexibilidade e retidão. Aquele que é reto e flexível naturalmente terá poucos desejos e estará satisfeito com pouco. Então, estará livre do orgulho e poderá encontrar a felicidade em ajudar o próximo e não na auto-afirmação.

Como próxima virtude temos subharo ca, ele será uma pessoa de fácil relacionamento. Este é o resultado natural da auto-satisfação. Acabo de explicar o background deste sutra. (continua)