Follow by Email

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Reações


P: Não resisto a responder e devolver as palavras ásperas que ouço, minha prática de meditação é incipiente e tendo a insultar. O que devo fazer?


R: Há que considerar que existem pessoas que, tendo muitos maus sentimentos dentro de si, os expressam tentando provocar reações. Isto é uma falta de disciplina mental e um grande impedimento ao progresso espiritual, são estes os incendiários do mundo, eles só podem dar aquilo que possuem, se tivessem em seu coração amorosidade e compaixão seria isto que sairia de sua boca.
Você que deseja praticar não deve entrar no seu jogo, as pessoas que tem raiva ou ódio são como atiradores de brasas, são os primeiros a serem queimados quando tentam joga-las em alguem, quando houver oportunidade devemos desperta-los para isso, mas isto não é possível reagindo da mesma forma. Brasas se consomem sozinhas se não colocarmos mais combustível junto a elas. Se você as olhar como flores e ajuda para seu progresso, as brasas serão como lotus em suas mãos.
A ordem das ações é pensamento-fala-ação, assim o que você deve fazer é tentar que o pensamento de reagir não surja, ouça apenas, como isso é difícil você tem a oportunidade de, embora surgindo pensamentos e emoções, fechar firmemente sua boca e nada dizer, faça o propósito firme de agir assim e se ponha em teste, quanto mais vezes conseguir mais fácil ficará, depois comece a tentar mudar seus pensamentos, vigie-os e não deixe que eles sejam seus senhores, seja você o senhor de sua mente.