Follow by Email

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Uma cerimônia histórica no zen brasileiro

Três dias de cerimônias, 13, 14 e 15, marcaram a inauguração do novo pavilhão Dai Kankaku e o Cinquentenário do Templo Busshinji em São Paulo. Representantes do zen do mundo inteiro e os líderes das Sanghas Zen do Brasil assistiram os ofícios, que marcam uma nova era para o zen brasileiro, permitindo a formação de monges, com treinamento oficial, em terras da América do Sul.


Cerimônia das 10 000 luzes foi oficiada por quatro mestres zen autoridades gerais,Rev. Takashina Gyokuko, Rev. Onoda Shuki,Rev.Miura Shinei, Rev Yamamoto Kenzen.



Cerimônia das dez mil luzes foi assistida por numerosos leigos que lotaram o Templo Busshinji.

Oficiante, Superintendente Geral Administrativo da Soto Zenshu e Presidente do Conselho de Representantes, à frente do monumento aos fundadores.

Autoridades monásticas do Japão, EUA, Europa oficiaram cerimônias no Cinquentenário do Templo Busshinji.

Cinzas do fundador do Templo Busshinji são depositadas no monumento funeral, as recebe, na foto, Saikawa Roshi,Superintendente Geral do Soto Zenshu da América do Sul. O monumento fica no novo pavilhão escola Dai Kankaku inaugurado na mesma ocasião.

Fotos gentilmente oferecidas por Emerson (SP)