Follow by Email

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Algo dentro de mim



Há algo em mim que não é dominável.

Por mais que eu diga sim,
por mais que eu concorde,
por mais que eu ceda,
por mais que eu aceite,
por mais que eu me submeta.

Ainda assim, há algo em mim que é só meu.
Um canto de alma que só eu sei onde fica.

O amor existe porque não sobrevivemos sozinhos.
Somos seres interdependentes.

Mesmo assim, há um lugar dentro de mim,
que nem o amor mais íntimo saberá onde fica.

É para lá que eu vou,
quando tudo parece perdido.

Deste mirante interno,
de onde eu vejo até aonde a vista alcança,
sinto grande, imensa compaixão
por mim,
por ti,
por nós,
essas crianças.

Daqui, deste ponto de vista privilegiado,
até as minhas escolhas mais burras
parecem fazer sentido.

Retomo a mim mesma.

Há um lugar, dentro de mim,
onde eu nunca estarei perdida.

Valéria Chalegre
http://historiasrecentes.blogspot.com/