Follow by Email

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

O Führer e o vegetarianismo


Hitler e seu arquiteto e amigo pessoal Albert Speer

P: Nos mosteiros zen budistas as refeições formais servidas aos monges são estritamente vegetarianas, no entanto temos exemplos de pessoas conhecidas por sua crueldade que evitavam carnes, o que dizer disto?

R: Não me parece que haja uma ligação direta entre o vegetarianismo e a bondade, a menos que este provenha de uma prática espiritual baseada na compaixão, neste caso vamos achar esta disciplina em muitas ordens religiosas de diferentes doutrinas, os monges trapistas católicos, por exemplo, praticam estrito vegetarianismo.
No caso citado de Adolf Hitler existe uma curiosidade:
"Um tópico interessante acerca deste fato tão divulgado: conta Albert Speer, arquiteto e amigo de Hitler, em seu livro em dois volumes, "Os dias de glória" e "A Derrocada", que Hitler detestava a dieta vegetariana, prescrita pelos seus médicos, devido a suas terríveis dores de estômago, e se queixava à mesa de ter que comer "aquilo" enquanto seus convidados deliciavam-se com carnes que ele não podia comer devido a sua doença."
Monge Genshô