Follow by Email

quarta-feira, 25 de abril de 2007

Janer Cristaldo pergunta porque o Dalai lama seria a reencarnação de Buda, se reencarnação não é doutrina budista.

Prezado jornalista Janer,
1) O chamado Buda histórico era um homem que morreu com 84 anos de distúrbio intestinal. Não existe reencarnação ou coisa semelhante para ele, já que o budismo nega almas e similares. E além disto Buda extinguiu seu carma.
2) Os budistas tibetanos falam (pelo menos deveriam usar este termo, a palavra reencarnação se presta a confusão) em manifestações do Buda da Compaixão, Avalokitesvara, e dizem que o Dalai Lama é uma manifestação deste Buda mítico. Belíssima forma de ver um líder de sua qualidade. Mas nada a ver com o Buda histórico Shakyamuni.
3) No budismo Buda significa acordado, desperto, e é um termo usado para muitas coisas, um exemplo é o budinha gordo que muitos no ocidente tomam pelo Buda histórico, fundador do budismo. Trata-se de uma espécie de papai noel chinês de nome Po Tai, nada a ver com o asceta e magro Buda histórico.
4) A sucessão dos Dalai Lamas , os 14 a que se referem, são apenas os líderes da escola Gelugpa, uma das 4 escolas tibetanas. Vê-se assim que a afirmação de que o Dalai Lama alega ser reencarnação de Buda Shakyamuni é uma interpretação errônea das crenças tibetanas.