Follow by Email

sábado, 22 de setembro de 2007

Zendôs precisam ser perfeitamente silenciosos?

Esta é uma questão relativa, nossa prática não pode ser perturbada pelos sons das crianças, senão como praticar no mundo? Por outro lado é evidente que não deveríamos ter um lugar de prática dentro de uma discoteca, ou na praça, embaixo do sol e chuva, mesmo que o mesmo critério, de ser capaz de praticar entre a perturbação, se aplique.
Portanto precisamos buscar um caminho do meio para não termos que lidar com mais obstáculos do que a maioria pode lidar, nem procurar que o zendô seja um lugar perfeito, nem permitir que por licensiosidade nossa ele se torne demasiado conturbado.