Follow by Email

terça-feira, 17 de junho de 2008

O buddhismo diz que a vida é sofrimento?


Sobre a palavra "sofrimento", ela, nos textos originais dos sutras budistas mais antigos, surge como " dukka", ora, esta palavra em Páli tem o significado mais corretamente traduzido pelo termo " insatisfatoriedade", visto que nem tudo na vida é sofrimento, mas qualquer felicidade é (assim como qualquer sofrimento) temporária, e assim insatisfatória, sempre cessará.
O termo "dukka" remete a raiz da palavra "eixo" e pretende significar o eixo descentrado de uma carroça, que a faz oscilar em ciclos, da mesma forma que a vida é cíclica sem que nada possa ser permanente e estável.
O fato desta tradução errônea ter gerado muita confusão, e mesmo a afirmação de que o budismo nega as felicidades inerentes ao viver, é mais uma das inumeras imprecisões que cercam o conhecimento acerca do Dharma.