Follow by Email

segunda-feira, 20 de julho de 2009

O Mudra Universal



Sentados em zazen colocamos nossas mãos neste mudra, é como se segurassemos uma grande jóia, sem deixa-la cair. Os polegares mal se tocam. As mãos formam um círculo, ele não tem início nem fim. Não há dentro nem fora, tudo está contido ali, nós somos o centro do universo e o centro está em toda parte dele.