Follow by Email

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Marízia



Na fila do kinhin, meditação andando muito lentamente, a Professora Marízia é a primeira. A nossa companheira de prática residia em Bombinhas, faleceu ontem e terá seu funeral hoje pela manhã em sua cidade. Lentamente a comunidade zen budista vai acumulando lembranças de praticantes que se vão, somos a manifestação do zen agora, outros nos sucederão, a comunidade é feita destas ondas sucessivas atavés dos séculos.

"Nossas vidas são como a respiração, como as folhas que crescem e caem. Quando realmente entendermos sobre as folhas que caem, seremos capazes de varrer os caminhos todos os dias e nos alegrar com nossas vidas neste mundo mutável" ~ Ajahn Chah