Follow by Email

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Professor e Mestre


Akiba Roshi, como mestre em Angô, Yokoji 2010.

P: Qual a diferença entre professor e mestre no zen?

R: Podemos ouvir o professor com bastante reserva e não somos obrigados a aceitar nada. Uma relação mestre/discípulo, não é uma relação professor/aluno, ela é, no Zen, uma relação em que escolhemos alguém para ser nosso mestre na vida e essa escolha deve demorar, não deve ser apressada. Normalmente os alunos visitam vários lugares, ouvem diferentes pessoas até encontrar um local onde se sentem conectados, se sentem bem, sentem que aquele lugar fala ao seu coração, que aquele professor especificamente está falando ao seu coração. Depois de um tempo bastante variável, pode ser que se estabeleça uma relação mestre/discípulo e nessa relação não existe
uma atitude crítica e sim uma aceitação ampla daquilo que está sendo ensinado, com um
mínimo de resistência. Três características definem o discípulo, silente, obediente e não resistente,dize-se Sunae este conjunto de atitudes que fazem o discípulo. Significa, eu ouço e fecho minha boca, sou silencioso, mesmo que eu não concorde,
fecho minha boca na esperança de que mais tarde eu entenda aquele ensinamento, agora não entendo, mas não protesto, fico silente.
(continua)