Follow by Email

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Não adianta rememorar o passado



(Continuação) Nas cerimônias do Zen nós nunca giramos em sentido anti-horário, porque não adianta rememorar o passado, só podemos andar em frente e tentar construir um carma diferente. Não temos como refazer o passado, como aqueles filmes de viagem no tempo que acabam gerando paradoxos terríveis. Há uma frase que diz “é fácil saber se viagem no tempo existe, se houvesse teríamos viajantes do futuro nos visitando agora”. (Continua)