Follow by Email

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Somos ondas de carma



(Continuação) Quando morremos os constituintes do nosso corpo viram cinzas, por exemplo, são jogados na natureza e nada vai embora, tudo permanece, nenhum átomo é perdido. Como nós podemos pensar, então, que vamos ou viemos se nós sempre estivemos aqui? Da mesma forma cada pedaço de vocês continuará. Quem somos nós nesse sentido? Nós somos ondas de carma, movimentando uma manifestação de vida. Esta onda é que tem memória, personalidade e uma porção de características. (Continua)