Follow by Email

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Budas e Bodhisatvas




É possível, ainda, livrar-se da ignorância e, por desenvolver uma mente compassiva, querer retornar para ajudar os outros seres. Esse é o impulso do bodhisatva. É isto que faz o bodhisatva retornar continuamente. Na realidade ele tem uma mente livre de ignorância e não sofre como os outros seres. E ele se esforça para retirar os outros seres da prisão onde eles estão. 

O estado de Buda é uma outra condição. Já é o estado no qual o bodhisatva esgotou completamente todos os seus impulsos, inclusive o impulso de ver os outros como distintos. Apagando até essa conexão, o Buda se extingue. Todo o seu carma se extingue e ele não retorna. Por isso é tolo quando vocês leem sobre reencarnações de Buda, um novo Buda. Não existe um novo Buda. Aquele Buda, Shakyamuni, se extinguiu. Está extinto. Ele não tem carma para retornar para esse mundo.



[Trecho extraído de palestra proferida em Florianópolis, 23/08/2016, por Meihô Genshô Sensei]