Follow by Email

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Os 12 Elos da Roda da Vida (parte 3)




O nascimento leva à morte. O processo de envelhecimento chama-se jaramarana. Ele inicia no instante do nascimento e leva todas as condições de vida até a morte. Então esse último elo é o envelhecimento e a morte interdependente.

Esses doze elos revelam um processo que nos prende a um ciclo que se repete. Então você nasceu, tem uma existência, uma manifestação humana, e essa manifestação humana, se é ignorante, não consegue enxergar as características que nós falamos no início: impermanência, vacuidade de um eu que é ilusório, construído, que a existência é cíclica. Quando a pessoa não enxerga isto ela é ignorante.

A ignorância leva às marcas cármicas, samskaras; à consciência interdependente, vijnana; ao nome-forma nama-rupa; às seis fontes, sandayatana; ao contato, sparsa; à sensação, vedana; aos anseios, tanha; ao apego, padana; à existência interdependente, bhava; e a um novo nascimento, que vai gerar um novo envelhecimento, que vai gerar uma morte, que arrastando a ignorância repete todo o ciclo. Isto é, no fundo, uma descrição do nosso acorrentamento a ciclos repetidos.

[Trecho extraído de palestra proferida em Florianópolis, 23/08/2016, por Meihô Genshô Sensei]