Follow by Email

quinta-feira, 25 de outubro de 2007

Há 12 anos presa por ganhar as eleições com 80% dos votos

A Premio Nobel da Paz, agora completa 12 anos em prisão por ser a líder do povo birmanês, use sua liberdade para promover a de pessoas como ela vítima das injustiças dos tiranos. Contra as posturas sempre voltadas a interesses menores e sem estofo moral do governo brasileiro, em relação a estas questões externas, e as internas também, o CBB se manifestará hoje em São Paulo.

"Seja você a mudança que quer no mundo"