Follow by Email

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Tempo é Mente


Quando se faz sesshin (retiro), os dias ficam longos. Parece que um dia são dois. Então, se levamos uma vida mais pausada, com mais coisas acontecendo, o dia fica mais longo, e podemos aproveitar mais a vida do que se estivéssemos vivendo num turbilhão. Se tudo vem muito acelerado, parece que o dia é insuficiente, que ele ficou curto, que faltou tempo para fazer tudo o que precisávamos. Isso mostra muito bem como tudo depende da mente. Como é que está a sua mente?

[N.E.: texto transcrito de palestra realizada por Monge Meihô Genshô em Florianópolis, 26/09/2016]