Follow by Email

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Budas e Bodhisattvas




Pergunta: Todo ser que se manifesta aqui é porque há um carma, e por isso se manifesta. A medida que ele desperta e abandona seu corpo e mente (atinge a iluminação), ele perde o seu corpo de vontade, de desejo. Como ele pode voltar como um bodhisattva se ele não tem mais esse corpo de vontade?

Monge Genshô: A teoria é que o bodhisattva retorna porque ele guarda uma iluminação com resíduos. Ele tem uma compaixão pelo sofrimento dos outros seres, ele quer cessar e ajudar os outros seres. E por isso ele retorna. Mas ele não precisaria retornar. Uma iluminação completa e perfeita, como uma iluminação de Buda, significa que não tem energia para retornar. Mas um Buda é "mais" do que um bodhisattva. Em alguns textos, Buda diz: “em uma vida passada, quando eu era um bodhisattva...”. Mas como Buda, isso significa que entro em nirvana e que não tenho mais energia para voltar. Até porque tem a solução de um problema, que Buda resolveu. É que não existem outros seres. Mas enquanto você sentir que existem outros seres, você tem energia para voltar como bodhisattva. Mas se você realmente perceber completamente que não existem outros seres, então você não tem por que voltar. Porque enquanto você tem compaixão, você tem compaixão pelo outro porque existe um outro pelo qual você se compadece, o que implica que você se vê como um eu distinto.

Pergunta: É um despertar parcial?

Monge Genshô: O despertar de um bodhisattva não é o despertar de um Buda, pois há nele ainda essa noção de separação. 

[Trecho de palestra proferida por Meihô Genshô Sensei]