Follow by Email

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Buda em repouso

Paulatinamente o budismo ressurge na China, as referências são cada vez mais frequentes, estima-se que no dia em que houver liberdade plena neste país mais de 100 000 000 de pessoas se declararão budistas. Espera-se que, quando isto acontecer, ele possa se expandir mais, os regimes comunistas, com sua característica opressão, foram exterminadores do budismo, pacifista e libertário por natureza.


Visitantes observam nesta quarta-feira uma réplica da estátua de Buda Dormindo, das Grutas de Mogao, em exposição em Pequim, na China. A exibição de arte de Dunhuang apresenta objetos produzidos entre os séculos IV e XIV.

(Veja on line)