Follow by Email

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Nem Certo, Nem Errado





Monge: (...) Psicoterapeuta senta-se e pede para o paciente se sentar numa poltrona mais baixa, se deitar, quando ele se deita tem uma entrega…

Aluna: Isso é na psicanálise.

Monge: Psicanálise, isso! Na Gestalt como é?
 

Aluna: Na Gestalt é uma relação dialógica.

Monge: Frente a frente? Legal. Então, cada um vai construindo métodos de acordo com a teoria que montou, e isso acontece com as escolas budistas também. Algumas enfatizam mais rituais, outros a meditação, outros usam isso, aquilo, etc. E está errado? Não! Tem sentido! Porque as pessoas são diferentes e as pessoas se adaptam melhor a certos tipos de práticas.
Não tem segredo. Não tem certo nem errado também. O budismo não declara "eu tenho uma verdade", por isso fica difícil dizer. Sim, o Budismo usa práticas religiosas, usa as entrevistas, como a Gestalt também usa. Usa o que estiver disponível.