Follow by Email

segunda-feira, 10 de abril de 2017

O Zen e o Não-Proselitismo




O Zen não é uma proposta consoladora para a humanidade - o Zen tem uma abordagem destruidora. Portanto, começamos sempre a abordagem do Zen dizendo que tudo isso que sempre acreditamos é delusão.

Frequentemente, as pessoas, ao serem confrontadas com isso, sentem-se tão perturbadas que não voltam nunca mais. É isso mesmo que os professores do Zen querem. Os mestres do Zen ficam bem felizes quando formam meia dúzia de discípulos. Muitos mestres deixaram somente um ou dois discípulos. Houve mesmo grandes mestres no passado, cujas linhagens se extinguiram porque eles não conseguiram transmitir seu Dharma para ninguém, de modo que a linhagem morreu.