Follow by Email

sábado, 25 de abril de 2009

Fugen Bosatsu


Tesouro Myoho-in (Sanjusangendo) em Kyoto século 12, madeira, escaneado do catálogo do templo

Fugen é muitas vezes representado sobre um elefante com seis presas, estas representam o apego aos seis sentidos, o elefante simboliza o poder do budismo de superar os obstáculos. Fugen é representado segurando uma flor de lótus, ou sentado sobre uma delas. O lótus é a flor símbolo do budismo porque nasce no lodo mas surge pura e limpa na superfície, tal como os homens podem fazer no caminho espiritual.

Todas estas representações, no budismo, não representam seres reais, existentes, mas sim representações de qualidades, que personificadas ficam mais fáceis de serem visualizadas e inspiram os praticantes. Há um grupo de quatro grandes bodisatvas (bosatsu, em japonês)simbolizando aspectos específicos destas qualidades. Eles são: Kannon Bosatsu que representa a compaixão, Monju Bosatsu a sabedoria, Fugen Bosatsu a prática e Jizo Bosatsu a paciência e a libertação do sofrimento. Fugen encoraja a prática diligente dos preceitos de conduta moral, e das virtudes, é visto como o protetor dos que ensinam o Dharma budista.