Follow by Email

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Mente Aquisitiva



Aluno – Esta mente que “quer algo”, seria pelo fato de que adquirir sugere trazer alguma coisa de fora para dentro?

Monge Genshô– É porque o querer é um ato egóico.

Aluno – E não é uma coisa adequada uma vez que não há necessidade de se trazer nada?

Monge Genshô    Não é isso também. Até poderíamos olhar isso, mas nós temos que partir do princípio de que o eu é uma ilusão, de modo que como o eu é construído como uma ilusão, quando você quer adquirir coisas para ele, só fortalece essa ilusão. E quando você quer adquirir coisas espirituais também quer adquirir para o seu eu. Eu quero ser santo, eu quero ser puro, eu quero ser uma pessoa louvável, respeitável, adorada, canonizada, e isso tudo é materialismo, é de novo a mentalidade aquisitiva entrando na vida espiritual, e ela não é a verdadeira vida espiritual, não é isso. A verdadeira vida espiritual é esquecer de si mesmo, morrer para si mesmo. Como disse Dogen, “estudar o Zen é estudar a si mesmo, estudar a si mesmo é esquecer de si mesmo, esquecer de si mesmo é ser iluminado pela miríade de todos os fenômenos”.