Follow by Email

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Perdidos numa manifestação pessoal

 
Por que não ouvimos e não vemos nossa verdadeira natureza? Nós não ouvimos e não vemos nossa verdadeira natureza porque estamos perdidos numa manifestação pessoal. Essa manifestação pessoal cármica agora, “eu sou”, este eu sou é o nosso grande engano por causa dele nós não somos Buda.
É por causa dele. Nesse sentido Buda não é uma pessoa, e a voz de Buda não é a voz de um homem. É na realidade uma metáfora para a mesma frase, a mesma voz divina, ou do grande ser, ou o que quiserem dizer... Enquanto nós acreditarmos numa pessoalidade fora de nós, também estamos perdidos porque não existem essas pessoalidades, elas só parecem que existem.