Follow by Email

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Auto-responsabilidade para viver



No budismo o que nós pensamos é: você tem que resolver a paixão dentro de você, se você resolver as paixões dentro de você nada vai acontecer. Vem um mestre no caminho com seus discípulos e surge uma mulher à frente - estamos numa época medieval em que as mulheres eram desconsideradas. O mestre viu a mulher, ajoelhou-se no chão e fez uma prostração para ela, e os discípulos reagiram: “Mas o que é isso? Por que o senhor está fazendo uma prostração para uma mulher?”. E ele disse: “É porque delas é que saem todos os budas”.
Então na realidade é só uma questão de olhar... como você olha? Nós só podemos enxergar o Nirvana se existir o Samsara? Não. Nirvana não depende de Samsara para existir. Nirvana é apenas a denominação de um mundo onde não se é arrastado pelas paixões, é só isto.