Follow by Email

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Evitar causar sofrimento

Aluno: O cristianismo fala que para haver o perdão precisa haver o pecado, um depende do outro. No budismo será que podíamos fazer essa analogia de que para haver as condições do despertar, necessariamente tem que haver o samsara, tem que haver um processo ilusório?
Monge Genshô:
Nessa nossa vida aqui o samsara é inescapável. A palavra pecado não existe no budismo, porque pecado seria você contrariar uma determinação divina de um pai, então o pai deu mandamentos e você descumpre, então este é um pecado. O budismo não tem uma ética construída através de regras, para o budismo a ética é construída através dos raciocínios de ação e consequência.  Quando uma pessoa que me traz um questionamento eu pergunto: Qual é a consequência?. “Ah eu pretendo fazer isto.” Qual é a consequência? Quais são as consequências que você avalia? É isto que nos temos que pensar.
A ética no budismo é construída em relação ao sofrimento. Você faz alguma coisa que causa sofrimento, ela está errada, não adianta ir lá procurar num livro e dizer assim: “Ah isso aqui é permitido no livro”, ou não está proibido, não é assim. No budismo é: Causa sofrimento? Ah se causa sofrimento a alguém é errado. Você tem que evitar causar sofrimento e tem que minimizar o sofrimento que sua vida causa nesse mundo o máximo possível.