Follow by Email

sexta-feira, 5 de maio de 2017

O Acordar e a Ilusão




Se acordamos, como saber se acordar não é uma ilusão? E se você não sabe se é ou não uma ilusão, para que acordar?

Monge Genshô: se você não sabe que é uma ilusão, você desconfia, não é? E se você desconfia, você deve confiar o suficiente para tentar treinar para acordar. Mas à medida que você dá um pequeno passo qualquer, mesmo que você só levante a ponta do véu, você começa a desconfiar do que tem do outro lado. Já é experiência. Não precisa mais confiar em mim.

Em primeiro lugar, você tem que acreditar que vale a pena experimentar. Experimentou, alcançou algo, você pode prosseguir a partir daí. É só confiança. Para saber se o despertar é ilusão ou não, você tem que ter uma pessoa que tem experiência para confirmar isso para você. Os alunos no Zen vão ao Mestre, falam de sua experiência e o Mestre diz: bobagem, ilusão sua. Volte para a sala. Ou raramente ele vê que você está narrando uma experiência com sentido e o encoraja a ir mais fundo.