Follow by Email

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Olhos de filha

Sei que sou suspeita, mas o livro "O pico da montanha é onde estão os meus pés" foi realmente muito inspirador para mim. Faz a gente pensar sobre como dar significado à nossa atuação no mercado de trabalho... Houve um tempo em que eu tinha a impressão de que "trabalhava para comer e comia para ter energia para trabalhar" e que nada do que eu estava fazendo realmente fazia muito sentido. Era uma operação de sobrevivência, não tinha lucro! A vida tinha que ter outras razões, tinha que "fazer sentido" tanto esforço, tanta energia empregada no trabalho. Acompanhar a trajetória do meu pai, como um empresário e consultor de empresas que, aos poucos, foi mergulhando no zen budismo e se tornando um monge, até que recebeu o nome de "Monge Genshô", foi muito revelador. Neste livro, reconheci muitos dos meus próprios questionamentos no personagem Ido, e as respostas que ele encontra fizeram muito sentido para mim. Espero que gostem tanto quanto eu, e que seu "retorno" ao mundo comum, depois da grande aventura espiritual, que é esse livro, traga novos horizontes para as suas vidas.
É também um instrumento revolucionário para aplicar na empresa - estimular seus colaboradores a terem essa revelação certamente dará um gás diferente aos seus trabalhos.
Comprem, leiam, recomendem!