Follow by Email

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Reencarnação - Uma palavra estranha no budismo




P. Por isso então que é confundido com reencarnação?
P.Sim, reencarnação, este termo implica que há uma alma que é verdadeira, a pessoa que simplesmente toma um outro corpo, no conceito budista não é isto, o karma manifesta por suas características uma outra identidade que tem as mesmas características, mas a nova identidade se sente única como cada um de vocês se sente único agora, ah, não eu sou único, pode ser que numa vida passada você em vez de Marly foi Joana, mas a Joana era muito parecida com a Marly, mesmo tipo de temperamento, caráter, angústia, mesmas coisas, se não resolvemos levamos para a frente, sempre repetindo como nas nossas vidas agora, nós tendemos a repetir os mesmos tipos de erro durante a vida, veja se não é verdade, examinem suas vidas, ah, fiz tal coisa, fiz um relacionamento assim, assim, deu errado por causa disso, aí você repete o ciclo, um pouco diferente, mas são as mesmas coisas que você vai repetindo porque você não mudou o seu karma, mas se você muda a sua mente, automaticamente o karma muda porque uma nova mente com outra maneira de ver as coisas é diferente, age diferente, gera karma diferente, se você muda nesta vida a maneira de ver as coisas, sua mente também faz coisas diferentes, de outra forma, e não repete o erro anterior, é muito importante a mente com a qual nós morremos, se você consegue até o momento da sua morte levar uma determinada mente isto vai influenciar muito o que vai acontecer depois, a próxima manifestação kármica, a próxima identidade, é complexo ensinar isso desta forma sofisticada e muitas vezes fica mais fácil e inclusive para professores budistas simplesmente falar em reencarnação ...