Follow by Email

segunda-feira, 19 de março de 2018

Despertar das Ilusões





Pergunta: O Bodhisattva é uma consciência que permanece?

Monge Genshô: Não, Bodhisattva é um carma. É um movimento que manifesta um novo eu, manifesta uma nova identidade e essa identidade diz a si mesma: “eu sou”. Não é um eu que carrega uma mochila de carma, é o carma que gera novas identidades.

Porque existe vento no mar ele produz ondas, as ondas se movem e morrem, mas o mar está sempre lá. A verdadeira natureza das ondas é mar. O movimento das ondas é o carma se manifestando. Sempre continuamente se reciclando. O mesmo acontece com você. É claro que se você está aqui e tem carma é porque houve vidas passadas que giraram o carma que manifesta você, mas o seu eu dessa vida é pura ilusão, é pura construção mental e é por isso que nós gostamos tanto de religiões, porque temos medo da morte, queremos permanecer e elas dão solução para isso. É por isso que vem pouca gente para o Zen, porque ele diz o contrário.

É algo difícil de se dizer, geralmente prefere-se as fantasias. Fantasie o que você quiser, há muitas ilusões disponíveis. Agora alguém que diga que é fantasia, isso é difícil de encontrar. Acordar das ilusões é difícil. Permanecer nelas é consolador.