Follow by Email

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Mundos melhores que o humano


Pergunta – O senhor falou do mundo animal e da falta de compaixão, mas como explicar, por exemplo, quando um animal morre e seu companheiro fica ao seu lado aparentemente sofrendo junto com ele?

Monge Genshô – Eles também tem compaixão e socorrem seus pares, não são seres sem sentimentos.

Pergunta – Mas então a ignorância a que o Senhor se refere, como explicar?

Monge Genshô – Sim, existe a ignorância, mas esta não é completa e absoluta. Existe mais ignorância do que em um ser humano, por exemplo. O fato dele sofrer junto com seu semelhante nao significa que ele tenha uma consciência parecida com a de um ser humano. Deixar de ser um gato para ser um ser humano é um grande salto. Existem muitos seres com a oportunidade de um nascimento humano, mas existem muitos homens que para ser um animal falta pouco.

Pergunta – Do ponto de vista budista, o ser humano pode regredir para se tornar um animal?

Monge Genshô – Sim. Sempre digo que posso imaginar perfeitamente Hitler renascendo como cachorro sarnento em uma aldeia na África sendo chutado por todos e se perguntando: “Mas por quê isso está acontecendo comigo”?

Pergunta – Mas esse personagem teria algum lado positivo apesar de tudo que ele fez?

Monge Genshô – Claro, sem dúvida. De alguma forma, por algum motivo, ele nasceu como ser humano. Talvez o carma que ele desencadeou tenha sido terrível, mas talvez não tão ruim como o de um torturador que executa diretamente o ato. Qualquer tipo de julgamento é sempre muito difícil.

Pergunta – Claro, não o estou defendendo tampouco, só que para nascer humano algum mérito havia, certo?

Monge Genshô – Sim, sem dúvidas, acumulou méritos para nascer como humano, mas o que fazemos com nossas vidas humanas já é outra coisa, isso é que vai determinar nosso futuro. Você pode acumular um carma tão maravilhoso que renasça num mundo além desse nosso humano, muito melhor que esse. Existem muitos mundos melhores que o humano na cosmologia Budista e alguns são tão bons e maravilhosos que apesar do bom carma, você não se esforça mais, pois sua vida fica muito fácil.

Pergunta – Em algum destes mundos é necessário o físico?

Monge Genshô – Existem mundos sem forma, sem meio físico. Existem mundos da forma e mundos além da forma, mas vocês não precisam acreditar, isso faz parte da tradição cosmológica budista. Alguns concordam outros não. Na realidade, acima da nossa existem vinte e seis condições melhores e que não são dos Budas, ou seja, estão abaixo dos Budas. Mesmo assim existe decadência e morte. Esses mundos são todos de sonhos, são mundos imaginários que nos parecem sólidos.

Pergunta – Em um mundo sem forma não existe carma?

Monge Genshô – Sim, existe. Mesmo num mundo que seja de consciência e pensamentos também  há carma, pois os pensamentos produzem carma.