Follow by Email

sexta-feira, 5 de junho de 2015

A UNIDADE

O zazen permite o despertar diretamente e o manter-se passivelmente no verdadeiro lugar unificado, ou o lugar da unidade. 

O zazen permite, com este despertar, vermos verdadeiramente a unidade, a nossa unidade com todas as coisas. É o que se denomina “mostrar o próprio rosto original”, se desligando dos aspectos da própria natureza (a que você enxerga), mas olhando para a natureza fundamental. 

Aquele que faz isso, abandonou o corpo e mente e carece de apegos, não pensa mais no bem nem no mal e pode, seguindo, transcender o profano e o sagrado e ir além de toda concepção de ilusão, despertando-se, libertando-se de toda ideia de fronteira entre os seres sensíveis e os Budas. 

Zazen Yojinki, por
Keizan Jokin Daioshô